Etiquetas escaneáveis ajudam construtoras a tomar decisões estratégicas

A startup baiana Construcode desenvolveu um aplicativo que converte projetos de construção civil em etiquetas escaneáveis. A ideia surgiu porque, mais do que nunca, existe  a necessidade de tomar decisões rápidas para que um empreendimento não fuja ao orçamento ou tenha um aumento no tempo estimado da obra.

Como funciona

Para oferecer agilidade e economia, a startup criou uma plataforma digital que gera etiquetas QR Code que permitem a visualização das plantas em 2D ou 3D nos canteiros de obras.

Os interessados em usar a tecnologia precisam enviar os projetos para a empresa para que sejam convertidos automaticamente em rótulos. Depois, é necessário coloca-los nos pontos estratégicos da construção.

A partir disso, quando houver uma dúvida, imprevisto ou dificuldade em relação a um determinado ponto de um projeto, é só escanear a etiqueta com um celular ou tablete, enviar uma mensagem para o projetista por meio do aplicativo ConstruCODE e aguardar as orientações.

Vantagens

A solução dinamiza o contato dos profissionais que estão operacionalizando o serviço com os que estão no escritório e torna mais produtivo o processo de construção. Como o sistema identifica trechos de risco, os gestores conseguem ter atenção a um determinado ponto específico, o que facilita o direcionamento de recursos e de atenção.

Com isso, há uma diminuição de custos, comunicação direta, acesso estratégico para informações específicas e atualização remota dos projetos.

Preço

Os valores para a contratação dos serviços pré-definidos pela startup vão de R$ 99 a R$ 999 por mês. Cada um deles contempla um determinado número de usuários, de obras, projetos, upload de fotos, chat com projetistas, diário de obras e até um módulo de gestão.

A empresa disponibiliza também a customização de pacotes de acordo com as necessidades de da construtora.

Instituições como o SEBRAE-BA e Câmara de Engenharia Mecânica e Metalúrgica do CREA Bahia já usam e aprovam o serviço.